quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Ribamar Coelho pode provocar uma "guerra" no Legislativo campo-maiorense

Advogado Ribamar Coelho - Foto: arquivo Campomaiormefoco
O candidato derrotado às Eleições Municipais 2016, advogado Ribamar Coelho, está prestes a provocar a maior guerra entre legislativo municipal e população. Ele ingressará com ação judicial solicitando a redução dos salários dos vereadores de Campo Maior.

Segundo o advogado, caso obtenha êxito na justiça, os senadores municipais poderão passar a ganhar um salário mínimo como subsídio, contra os R$ 8.500 pretendidos pelos 13 próximos ocupantes da Legislatura 2017-2020.

Questões jurídicas à parte, a Ação Popular intencionada por Ribamar Coelho pode ter o aprovo da população, vez que quando da aprovação de matéria elevando assustadoramente na calada da noite os subsídios dos edis campo-maiorenses, a população se manifestou ferozmente através de redes sociais. O Prefeito Paulo Martins, considerando um absurdo e ilegal tal resolução, vetou a decisão, alegando, inclusive, que o Município de Campo Maior não tem dinheiro para cobrir tão elevada despesa.

E é esse veto que pode fazer com que os vereadores recebam apenas um salário-mínimo, já que a aprovação de uma outra resolução, elevando de 7 mil para 8,5 mil reais, segundo o advogado, é totalmente ilegal.

Vamos esperar para ver a reação da Câmara de Campo Maior com relação à possibilidade dos vereadores terem seu "dinheirinho" resumido e a reação da população, que se acha cansada de pagar salários para quem pouco produz. 

2 comentários:

NEVILLE PAZ disse...

DESSE JEITO NINGUÉM VAI QUERER SE CANDIDATAR A VEREADOR...

NEVILLE PAZ disse...

DESSE JEITO NINGUÉM VAI QUERER SE CANDIDATAR A VEREADOR...