sexta-feira, 19 de outubro de 2018

ENEM 2018: Estudantes participam do "Corujão da Vitória"

Estudantes da rede pública de Campo se preparam para o ENEM 2018

A quadra de esporte do Patronato Nossa Senhora de Lourdes ficou lotada de estudantes da rede pública de ensino, na noite da última quinta-feira (18 de out), para a revisão do Enem 2018, promovido pela Secretara de Estado da Educação. Foram mais de 10 horas de aulas, pois as mesmas só foram encerradas quando passava das seis da manhã dessa sexta-feira (19 out).
Prefeito Professor Ribinha

Campo Maior foi a primeira cidade do interior do Estado a receber a equipe da Secretaria de Educação, liderada pelo professor Wellington  Soares. “Foi um sucesso total. Começamos as 20 horas de quinta e só encerrou às 6 horas da manhã, com café  da manhã”, informou a professora Lucimary Barros.


Lucimary revela que além de alunos de Campo Maior, também participaram estudantes de Juazeiro do Piauí e Boqueirão do Piauí. “Também recebemos alunos da zona rural de Campo Maior, como as comunidades Santa Alice, Corredores e Água Fria”, detalha a professora.

O Prefeito Professor Ribinha esteve no local da revisão e falou do entusiasmo que sente, como professor, em ver quantos estudantes campo-maiorenses "estão se esforçando para ingressarem em uma Universidade Pública. Isso é motivo para nos orgulharmos e empreendermos todos os esforços para garantirmos uma boa base para nossos estudantes, por isso temos investido muito em educação".

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Variação Linguística pode ser o tema da Redação do Enem 2018

A menos de um mês para o ENEM 2018, é grande a expectativa quanto ao tema da Redação. "Pesadelo" para muitos estudantes que aguardam ansiosos essa "prova de fogo".

Treinos diários, leitura de revistas, jornais, artigos, e muito telejornal, podem ajudar no incremento de uma das partes mais importantes da redação: os argumentos que devem ser desenvolvidos na sustentação da tese.

Muitas são as opiniões quanto ao tema. Cyberbullying e bullying nas escolas brasileiras, aumento das DST's, situação da população de rua, fake news, obesidade, esporte como inclusão social, maternidade precoce... são várias as apostas relacionadas em centenas de sites especializados quanto ao que poderá ser o escolhido dos elaboradores.

Os assuntos mais debatidos ao longo do ano, sem dúvida, são boas apostas, mas agora surgiu uma nova possibilidade aos olhos dos internautas: pistas que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) estaria deixando em seu perfil no Instagram.

As publicações abordam claramente a questão da variação linguística – os usos e pronúncias do português em cada região do Brasil, bem como diferenças geracionais, uso de gírias, etc. Mesmo que tais usos sejam considerados fora do português padrão, exercem uma função essencial na linguagem, especialmente na fala. É importante que o estudante saiba diferenciar esses usos na comparação com a gramática formal e também reconheça o papel da variação linguística para a constituição da cultura brasileira.  

Nesses dias de acirramento de sentimentos não tão nobres e das várias manifestações de preconceitos étnico, racial religioso, de gênero e tantos outros, o preconceito linguístico pode ser um esteio fácil de se desenvolver. Carlos Bagno pode ser uma boa pedida para sustentar tal argumento, inclusive o mito de que "português é muito difícil".

domingo, 14 de outubro de 2018

PM apreende menores após assalto com arma de fogo

Foto: 15 BPM - Campo Maior

Na tarde deste sábado, (13/10) uma mulher entrou em contato com a Polícia Militar e informou que dois indivíduos haviam roubado sua moto, bem como sua bolsa, nas proximidades da rodoviária de Campo Maior.

"De posse das características da moto e dos suspeitos, de imediato a equipe da Força Tática intensificou rondas nas proximidades do local onde ocorreu o crime, e momentos depois, o suposto veículo foi localizado", informou o Comando do Batalhão.
Diante da desobediência da ordem de parada, os policiais iniciaram um acompanhamento tático, com sinais visuais e sonoros, que foram ignorados pelos suspeitos. Nas proximidades do lixão, os menores foram interceptados e a equipe conseguiu apreender os mesmos e a arma de fogo utilizada na prática do crime. 
A PM recuperou, ainda, a moto e os pertences da vítima que haviam sido subtraídos durante o assalto.
Nos últimos meses tem sido frequente assaltos onde menores estão envolvidos.

Na noite da última sexata-feira (12), a PM prendeu no bairro Flores, o foragido da Major César, conhecido como "Tuíca", que será recambiado ao sistema prisional nas próximas horas.

Fonte: Facebook 15 BPM

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

PIAUÍ PASSA VERGONHA NO ENADE 2017: APENAS 3 CURSOS RECEBERAM NOTA MÁXIMA

É lamentável a situação dos mais de 179 cursos superiores do Piauí: apenas Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil, ambos da Universidade Federal do Piauí (UFPI), e Pedagogia da Uespi conseguiram obter a nota 5 no ENADE 2017. Os dados constam da relação divulgada pelo INEP no último dia 09 de outubro.

O resultado do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2017 revela que 46 cursos da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) ficaram com notas abaixo da média no Conceito Enade.

A avaliação classifica os cursos com notas que variam de 1 a 5. Os cursos que obtém notas acima de três são considerados com bom desempenho. Já os cursos com notas abaixo de três são considerados de baixa eficiência. Na Universidade Estadual do Piauí, 46 cursos estão nesta última classificação. 

De acordo com o resultado do exame, treze cursos tiraram a nota mínima. São eles: Ciência da Computação (bacharelado) em Floriano, Ciências biológicas (licenciatura) e José de Freitas, Educação física (licenciatura) em São Raimundo Nonato, Geografia (bacharelado) Corrente, Geografia (licenciatura) em Uruçuí, Letras – inglês em Barras, Letras-português (licenciatura) em Bom Jesus, Letras-português e Espanhol (licenciatura) em Amarante, Letras-português e espanhol (licenciatura) em Bom Jesus, Matemática (licenciatura) em Canto do Buriti, Matemática (licenciatura) em Corrente, Matemática (licenciatura) em Oeiras e Pedagogia (licenciatura) em Valença do Piauí. 

O Instituto Federal de Educação e Tecnologia (IFPI) também teve cursos que receberam nota 4 na avaliação, como o de Licenciatura em Quimica. Os cursos de Licenciatura em Ciencias Biológicas e Pedagogia, ambos da UFPI, receberam nota 4 no Enade.

A avaliação é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação. De acordo com a legislação, devem ser inscritos no Exame os estudantes dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, dos cursos avaliados na edição.  Em 2017 foram inscritos 537.360 estudantes, sendo 422.746 da modalidade presencial e 114.614 da modalidade de Educação a Distância (EAD) em todo o país. 

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Suicídio: precisamos conversar sobre o tema


Ao longo dos últimos dois anos, a Prefeitura de Campo Maior vem desenvolvendo um forte trabalho de prevenção do suicídio.

O município aparece nas estatísticas do Piauí com um elevado número de casos, fator que preocupa as autoridades municipais e mobiliza toda a sociedade.
  
Um  das campanhas mais intensas ocorre no mês de setembro, mês escolhido para campanhas a nível nacional para discussão do assunto.

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção.

Amanhã, 12 de setembro,  a Prefeitura de Campo Maior, com a articulação pessoal da Secretária Municipal de Assistência Social, Nilzana Gomes, realizará mais um ciclo de debates sobre o suicídio, com a palestra "Todos pela Vida", a partir das 19 horas no auditório da Câmara Municipal. 


A palestra com Layone Holanda, psicóloga clínica, mestranda em saúde da família e especialista em Terapia Cognitiva Comportamental e Analista do Comportamento, tem uma vasta experiência no tema.

Para a Secretária Nilzana Gomes, "é importante que toda a sociedade, independentemente de sua condição social ou cultural, compareça à palestra, para que assim possamos estar engajados nesse problema que afeta a todos nós, direta ou indiretamente".


terça-feira, 10 de julho de 2018

Escola da Fé, estímulo aos cristãos católicos

A Paróquia de São José, de Altos-PI, realizou na último sábado, dia 7 de julho, no Salão Paroquial, a primeira aula da Escola da Fé “São José”, um curso de extensão com certificação pelo ICESPI – Instituto Católico de Estudos Superiores do Piauí, que tem como objetivo: Oferecer à comunidade eclesial um aprofundamento pessoal e comunitário da experiência de Jesus, aprofundar a espiritualidade missionária, transmitir a Doutrina de Fé da Igreja, oferecer respostas às questões de fé com um aprofundamento bíblico e formar agentes de pastoral mais capacitados na execução de suas tarefas eclesiais.
O curso teve início com a aula inaugural no dia 4 de julho de 2018, contando com a participação de Dom Francisco (Bispo de Campo Maior) e do Padre Jonilson (Diretor Espiritual do ICESPI. A Escola da Fé possui cerca de 40 alunos das paróquias de Altos, Alto Longá, Beneditinos e Capitão de Campos. As aulas serão ministradas em sábados alternados, das 18 às 22h, perfazendo um total de 5ha a cada encontro, com previsão de término para abril de 2021, tendo a carga horária de 330 horas/aula.
Segundo o pároco da Igreja de São José, Padre Claudinei Pereira, a Escola da Fé “São José” irá oferecer um fortalecimento cientifico (Teológico, bíblico e pastoral) e também irá ajudar na caminhada espiritual dos nossos agentes de pastoral: “Como pastores, sabemos a missão de formar nosso povo para que possamos ainda mais zelar um tesouro que a Igreja guarda em seu coração: o conhecimento. Muito já foi feito em nossa comunidade, vamos agora dar um passo significativo na formação do nosso povo.”

O curso será ministrado em três módulos:
Módulo I – Ciclo bíblico (Introdução à Teologia, Pentateuco, Livros Históricos, Livros Proféticos, Sapienciais, Sinóticos e Atos, Literatura Joanina, Cartas Paulinas) -  nove disciplinas; 135ha
Módulo II – Ciclo (Cristologia, Escatologia, Antropologia Teológica, Mariologia, Liturgia e Sacramentos) - seis disciplinas; 80ha
Módulo III – Ciclo pastoral (Direito Canônico, Pastoral, Catequese de Iniciação a Vida Cristã, Missiologia, Doutrina Social da Igreja, Moral Cristã e Comunicação – oito disciplinas; 115ha

Informações e fotos: PASCOM/Diocese de Campo Maior

segunda-feira, 2 de julho de 2018

IPTU PREMIADO

PARTICIPE

Câmara de Vereadores sediará Capacitação em turismo


Na próxima quarta-feira (04/07) a Câmara de Vereadores de Campo Maior sedia curso de capacitação para profissionais ou pessoas que desejem conhecer melhor a área de turismo. 



O evento é uma parceria da Câmara de Campo Maior e a Secretaria de Estado da Cultura, tendo como objetivo, através de palestras e oficinas, motivar a maior participação de empresários, professores, órgãos públicos e estudantes na discussão do potencial turístico de Campo Maior.

A ausência de políticas públicas intensivas para o desenvolvimento turístico, mesmo com a criação da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, ainda é muito acanhada, percebendo-se,aí, uma perda de recursos.

A entrada é gratuita e aberta aos que queiram participar.